×

Não tenho razão alguma para ficar nervoso, diz Meirelles sobre postura no debate

Por Karen Lemos e Luiza Vidal / Portal Band

Candidato à Presidência da República acredita ter uma postura mais 'calma' em relação aos outros presidenciáveis.

Para Henrique Meirelles (MDB), o debate na Band realizado nesta quinta-feira, 9, foi importante para conhecer não só as propostas de cada presidenciável, mas também a postura de cada um. “Os candidatos começaram a se mostrar em termos de temperamento e comportamento, principalmente quando estão sob pressão”, disse, em entrevista ao Portal da Band.

Na opinião de Meirelles, os eleitores puderam analisar melhor cada candidato, “não só o que prometem, mas também o que ele/ela de fato é e o que já fez, ou não fez”, explicou.

Por fim, o político acredita ter uma postura mais “calma” em relação aos outros presidenciáveis. “Ao contrário de vários [candidatos], não tenho nada para ficar nervoso, nenhuma razão”, falou.

(Foto: Kelly Fuzaro/Band)

Meirelles surpreende e aparece com 9% em Goiás na pesquisa Vox Populi/DM

Fonte: Portal Goiás24horas

Ex-ministro da Fazenda e candidato do MDB a presidente da República, o goiano Henrique Meirelles surpreendeu na pesquisa Vox Populi/Diário da Manhã publicada nesta quarta-feira (8).

Meirelles apareceu no levantamento com 9% das intenções de voto do eleitor de Goiás e é o terceiro colocado na corrida pelo Palácio do Planalto, na frente de Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT).

Os dados constam da pesquisa estimulada, quan­do foi apresentada a cada um dos 500 eleitores entrevistados cartela com os nomes dos candidatos a presidente.

O deputado federal Jair Bol­sonaro (PSL) está em primeiro, com 23% e a ex-senadora Marina Sil­va (Rede) em segundo lugar, com 12%. Os que disseram que não vota­rão em ninguém, em branco ou em nulo somam 18%. Não souberam ou não responderam, 19%.

Na pesquisa espontânea, Henri­que Meirelles divide a quarta coloca­ção com o também ex-ministro Ciro Gomes (PDT) – cada um deles tem 2%. Bolsonaro aparece em primei­ro, com 18%; seguido pelo ex-presi­dente Lula (PT), com 16%; e Marina Silva, com 3%.

O levantamento foi realizado entre os dias 21 e 25 de ju­lho, período anterior às convenções que formalizaram, neste último final semana, coligações e candidaturas.